Categorias
Editorial

Um ano na Rua

Por Gustavo Martins-Coelho

Foi no dia 8 de Agosto de 2012 que o manifesto da «Rua da Constituição» [1] foi publicado, marcando o início deste blogue. Inicialmente um repositório dos meus escritos mais relevantes já publicados noutros locais desde 2003 [2], Pedro Passos Coelho e as alterações que este quis introduzir na Taxa Social Única [3] mereceram o meu primeiro artigo original a ser publicado na «Rua…» [4].

Já este ano, dei as boas-vindas [5] às Crónicas Altitude do Hélder [6], abrindo as portas à colaboração, posteriormente, do Hugo [7] e, mais recentemente, da Ana [8]. Por sua vez, Margareth Thatcher teve direito ao primeiro artigo de autores estrangeiros [9], devidamente traduzido [10].

Neste primeiro ano, 4.545 pessoas passaram pela Rua da Constituição, 38 das quais de metro [11]. A leitura mais popular no «Muro das Lamentações» [12] foi sobre os medicamentos genéricos [13]. Do Hugo [7], os leitores preferiram a sua descrição das dificuldades de implantar uma moeda comum [14]. Já o título mais lido da Ana [8] foi sobre o panem et circenses e o alheamento da realidade [15]. Finalmente, do Hélder [6], o leitores preferiram a sua crónica da democracia em cuecas [16].

Resta-me agradecer, pessoalmente e em nome dos restantes colunistas, a atenção dedicada por todos os leitores que visitaram a nossa Rua e fazer votos de que o próximo ano continue a merecer o interesse daqueles que vão caminhando connosco pela Rua da Constituição.

Em jeito de nota de rodapé, cabe-me informar que, infelizmente, a Ana não poderá publicar a sua crónica quinzenal desta semana, por motivo de saúde, regressando no próximo dia 23 de Agosto.

2 comentários a “Um ano na Rua”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *