Categorias
Editorial

Um emílio que só visto

Por Gustavo Martins-Coelho

Na brincadeira, o Eduardo [1] costuma chamar emílio ao e-mail. Sigamos-lhe as pisadas.

Tudo começou com um emílio do Vítor. Ou melhor, um emílio reencaminhado pelo Vítor. O original provinha do Manuel Varzim, companheiro de coro [2]. Abri-o e era um álbum fotográfico. Nas horas vagas, o Manuel foge do mundo, para se encontrar com o mundo; e era o resultado desse encontro que partilhava connosco.

Ao ver o álbum fotográfico que me enviava o Vítor em nome do Manuel, imediatamente pensei:

— Tenho de convencer o Manuel a sair à «Rua…»!

E convenci-o.

É, pois, com enorme satisfação que anuncio, para dentro de momentos, o início duma nova coluna, intitulada «Só visto», da autoria do Manuel Varzim, onde este partilhará connosco a sua arte fotográfica, ao ritmo duma chapa por semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *