Categorias
Consultório da Ria

A cabeça

Por Carlos Lima

A cabeça é uma parte importante do corpo humano, devido às estruturas nobres que possui. Trata-se duma estrutura óssea, que modela o seu formato externo, ligada ao resto do corpo através do pescoço, e que pesa aproximadamente 6 Kg. É constituída pelo crânio, pelo cérebro e pelos órgãos dos sentidos (boca, ouvidos olhos e nariz, para além da pele).

O crânio é uma caixa forte, destinada a proteger o cérebro, constituído por osso de estrutura muito leve, mas extremamente resistente. Está incompleto à nascença, para facilitar o trabalho de parto, e só pelos dois anos é que adquire a sua forma definitiva.

Os ossos da face destinam-se a criar zonas protegidas que abrigam os órgãos dos sentidos e zonas labirínticas que formam uma caixa de ressonância, participam na formação da voz e no aquecimento do ar que respiramos. O maxilar inferior é a única estrutura óssea móvel e proporciona o movimento necessário ao mastigar, falar, etc..

O cérebro é a nossa central de controlo e de decisão; recebe milhares de informações por segundo e toma as decisões necessárias para manter o equilíbrio e defender todo o organismo.

Os principais órgãos dos sentidos situam-se na cabeça e só o tacto se distribui pelo resto do corpo com a mesma sensibilidade. A posição privilegiada da cabeça, na posição erecta, justifica essa centralização dos sentidos. Desempenham importante função no equilíbrio corporal, com particular ênfase no ouvido.

O cabelo (nos homens também a barba) é uma concentração elevada de pêlos, que têm como função principal o equilíbrio térmico da cabeça, proteger contra a radiação e, nos dias de hoje, assume uma importante função estética.

Do ponto de vista hormonal, a hipófise assume-se como um regulador central doutras hormonas, com particular incidência nas que estão ligadas com o sistema reprodutivo.

A cabeça assume tanta importância no corpo humano que recebe um quarto do sangue de cada batimento cardíaco!

Manter uma boa saúde da cabeça passa por uma boa higiene externa de todos os seus componentes; por uma boa hidratação, pois o nosso cérebro é em grande parte água e nutrido pelo líquido cefaloraquidiano.

A saúde do cérebro passa por uma boa estimulação cerebral, exercitando a memória e a capacidade de raciocínio. Passa também pelo equilíbrio afectivo, que contribui e promove a inteligência emocional. Lembre-se de que o consumo de substâncias psicoactivas afecta o seu cérebro e, através dele, todo o organismo, como é o caso do equilíbrio, nos consumos excessivos de álcool.

Para concluir, gostaria que pensasse na sua cabeça, como ela é bonita, que se lembrasse de que ela é o seu cartão de apresentação, de forma geral, e o seu rosto em particular.

Saúde!

0 comentários a “A cabeça”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *