Categorias
Dias Passados

Intenso desalinhamento

Por Gustavo Martins-Coelho

Sobram-me quatro linhas. Sobram-me sempre três ou quatro linhas. A vida não dá resto zero. Mas sabe dividir, ainda assim. Divide-nos em nós e os outros. Divide-nos em bonitos e feios. Divide-nos em altos e baixos. Preto e branco. Afro-americano e euroamericano, para se ser politicamente correcto [1]. A incorrecção política é o oitavo pecado capital. Um tipo faz uma chamada privada e perde o emprego. Julgava que toda a gente tinha o direito a ser parva. Estava enganado.

Mas nada acontece a quem grava e divulga chamadas privadas. A correcção política é mais importante do que a privacidade, o que não é de surpreender, dado que nos parece normal abdicar da privacidade todos os dias no Facebook. Ou no aeroporto. Perguntem aos passageiros de que lhes serviu servirem a sua privacidade numa bandeja de prata às salomés da segurança, tirarem o casaco, o cinto e os sapatos, serem revistados como vulgares criminosos, encarados como potenciais bombistas, interrogados como inveterados terroristas, deixarem que lhes perscrutassem a roupa interior e o interior da roupa na bagagem, quando o míssil embateu na fuselagem.

Viver intensamente é viver a vida real. Vou fechar a minha conta no Facebook. A vida real é muito mais do que Facebook e comezainas. Em parte nenhuma da definição do verbo «confraternizar» [2] diz que tem de ser com os pés debaixo da mesa. Nem em estado de embriaguez.

Deixo-me inundar por um tédio infinito. As conversas, sempre sobre vidas alheias, não me incluem. Não podem ser sobre mim, porque estou presente. Não podem ser comigo, porque não estou presente. Sou a ausência presente. A rainha de Inglaterra, que não serve para nada, mas fica bem em qualquer cantinho. Um jarrão chinês, que parte, se não se tiver cuidado.

Não me sobram sempre três ou quatro linhas. Às vezes, faltam-me uma ou duas linhas. É difícil não chorar.

Um comentário a “Intenso desalinhamento”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *