Categorias
Editorial

A «Rua da Constituição» faz hoje dois anos

Por Gustavo Martins-Coelho

Começou por ser um lugarejo, perdido no meio do nada — a minha casa de férias [1], com publicações raras e erráticas. Demorou quase um ano até o primeiro vizinho [2] se mudar para cá e um pouco mais para eu me mudar de armas e bagagens — de casa de férias, passou a casa de todos os dias.

Com o passar do tempo, a «Rua…» começou a ser urbanizada e, hoje, já conta com um número considerável de edifícios erguidos ao longo do seu percurso: só eu, tenho quatro casas (se isto fosse Monopoly, o próximo passo seria convertê-las num hotel) [1, 3, 4, 5]; o Hélder, embora passe por cá menos vezes, mantém também a sua casa [2]; o Hugo construiu uma também [6]; mais tarde, a Ana [7] mudou-se também para cá; recebemos o primeiro imigrante [8] em Setembro do ano passado; a Sara juntou-se a nós no final de Novembro  [9]; já este ano, o Satoshi montou uma casa de férias [10]. Surgiram, entretanto, novas formas de edificado: o Manuel acrescentou um museu de fotografia [11] e eu, a Bárbara, o Carlos e, mais tarde, o Hugo resolvemos experimentar partilhar uma casa [8]. O mais recente vizinho é o Nuno [12], que acabou de chegar. O Carlos tem gostado tanto de viver na «Rua…» que resolveu estabelecer a sua própria casa, que estará pronta na próxima Terça-feira…

Claro que, com o crescimento urbano, foi preciso aumentar a equipa responsável pelo condomínio. Assim, ao editor original juntaram-se o Hugo, a Sara e a Renata.

O número de leitores tem também vindo a aumentar, o que nos deixa confiantes de que temos produzido literatura e imagens de interesse. Esperamos poder continuar a melhorar e a aumentar o interesse dos visitantes.

Quero terminar, agradecendo a todos os colunistas pelos preciosos materiais escritos e fotográficos com que têm brindado a «Rua da Constituição» e aos editores associados a preciosa colaboração, sem a qual não teria sido possível manter este crescimento.

Até para o ano!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *