Categorias
Consultório da Ria

A água

Por Carlos Lima

A água é essencial à vida de todos os seres vivos, pelas diversas funções que desempenha e pelo equilíbrio que lhes permite alcançar. No corpo humano, é a substância que está presente em maior quantidade, representado aproximadamente 70% do peso corporal. A água representa 99% do líquido que irriga o cérebro (líquido cefalorraquidiano), 95% do volume total do sangue [1], 14% do peso da gordura corporal e 22% do peso do osso [2], só para dar alguns exemplos.

Desempenha diversas funções, das quais se destacam quatro: transporte; participação nas reacções químicas do corpo; regulação da temperatura corporal; e lubrificação.

Transporte

Desde a boca [3], até ser eliminada pela urina, pelo suor, pelas lágrimas ou pela respiração, ajuda a transportar as outras substâncias essenciais à vida para dentro do organismo e ajuda o organismo a libertar as substâncias nocivas resultantes da digestão e do funcionamento do organismo. Na digestão, ajuda a decompor os nutrientes [4] em partículas mais pequenas, por acção mecânica; ajuda o estômago [5] e os intestinos [6] a movimentar os alimentos; e intervém na absorção, por exemplo, das vitaminas hidrossolúveis. No sangue [1], serve de transporte dos seus elementos [7, 8, 9] e faz parte da composição das próprias células [10] que ajuda a transportar.

Participação nas reacções químicas do corpo

A água faz parte de todos os líquidos corporais: saliva [11], suco gástrico [5], bílis [12], suco pancreático [13], etc. que participam activamente na digestão química dos alimentos. Ao nível da célula [10], através de processos enzimáticos e de reacções químicas, ajuda à entrada de nutrientes [4], à respiração celular e à produção de energia e colabora na eliminação das substâncias residuais da actividade celular.

Regulação da temperatura corporal

A água é um excelente regulador da temperatura corporal. A água precisa de muita energia para mudar o seu estado, ou seja, é solida no gelo, é líquida no seu estado natural e é gás na evaporação. O corpo humano tira partido desses aspectos para regular a sua temperatura. Todos sabemos que, quando está muito calor, suamos, ou seja, através da evaporação da água, arrefecemos o nosso corpo. Mas também sabemos que, quando está muito frio, trememos, para que a actividade muscular [14] produza calor, o qual vai ser transmitido e transportado pelos líquidos corporais, para manter a temperatura corporal estável.

Lubrificação

Em todas as estruturas em que participa, a água funciona como lubrificante. Como exemplos, podemos dizer que, nos intestinos [6], favorece a progressão das fezes até ao ânus [15], representa mais de 95% do líquido sinovial, ou lubrificante articular, e 99% da lágrima, que lubrifica e protege o olho [16], é água.


O equilíbrio dos líquidos corporais é feito bebendo água, na ordem do litro e meio por dia e, nos dias de grande calor [17], maiores quantidades. Salvo consumos excessivos — mais de seis litros por dia —, o nosso corpo tem capacidade de gestão, eliminando a que não precisa, quer através da urina, quer através da respiração e, de forma mais ou menos intensa, associada à transpiração.

Espero que esteja mais consciente do papel da água e da importância do acto voluntário de beber água, porque a sensação de sede é um sinal de que o corpo já está a entrar em desequilíbrio — além de que esta sensação vai diminuindo com a idade.

Saúde!

5 comentários a “A água”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *