Categorias
Mil Palavras

Portugal não tem licenciados a mais

Por Gustavo Martins-Coelho

2014111700

No eixo das ordenadas, encontra-se a proporção da população entre os 30 e os 34 anos que completou um curso universitário ou equivalente (ensino terciário), com um nível da ISCED 1997 (International Standard Classification of Education) de 5–6. Cada barra azul representa um ano, trienalmente entre 2001 e 2013 (a título informativo, Portugal encontra-se destacado a verde e a Alemanha a amarelo), enquanto a barra vermelha representa o objectivo para este indicador, no âmbito da estratégia Europa 2020 [1]. A Croácia não dispõe de informação relativa ao ano de 2001, pelo que foi utilizado o ano de 2002 na sua vez.

O eixo das abcissas contém os 28 países da União Europeia.

Daqui se conclui que, ou Portugal não tem licenciados a mais, ao contrário do que diz Fräulein Merkel [2], ou então também os há a mais na Alemanha, na Bélgica, em Chipre, na Dinamarca, na Eslovénia, em Espanha, na Estónia, na Finlândia, em França, na Grécia, na Hungria, na Irlanda, na Letónia, na Lituânia, no Luxemburgo, nos Países Baixos, na Polónia, no Reino Unido e na Suécia.

Os dados utilizados na construção deste gráfico provêm do Eurostat [3].

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *