Categorias
Editorial

Um regresso e uma parceria

Por Gustavo Martins-Coelho


A partir de hoje e semanalmente, a «Rua da Constituição» [1] conta com dois novos motivos de interesse: o «Semanário da República» [2], que marca o regresso do Hugo [3, 4] à «Rua…», e «Os truques da semana» [5], o resultado duma parceria com a página «Os truques da imprensa portuguesa» [6], no Facebook [7].

Nesta coluna, publicaremos uma selecção das observações que «Os truques» [6] vão publicando diariamente no Facebook [7].

Esperamos que estes sejam motivos de interesse acrescido para os leitores da «Rua da Constituição» [1]!

Categorias
Editorial

Reabilitação urbana

Por Gustavo Martins-Coelho


Há muito tempo (desde 28 de Novembro de 2015, precisamente [1]) que não faço um Editorial [2] a sério. Mas a «Rua da Constituição» [3] não permaneceu inalterada, desde então. Quais foram as mudanças, portanto?

Três novas colunas foram criadas: «Nothing is Written» [4], escrita pelo João Francisco Pupo; «Lumière» [5], escrita pelo João Roncha; e «Ad Res Publicam» [6], da responsabilidade do Clube de Política do Porto.

Entretanto, seis colunas encerraram. Por motivos diversos, a Renata Aguiar [7], o João Francisco Pupo [7], o Hugo Pinto de Abreu [7], a Alice Santos [7] e a Sara Teotónio Dinis [7] cessaram a sua colaboração na «Rua…» [3] e, com isso, as colunas «Papas na Língua» [8]«Nothing is Written» [4] (sim — começou e acabou entre o último Editorial [9] e este!), «Docendo Discimus» [10], «Versos Singulares» [11], «Um Poeta e um Poema» [12] e «Olho Clínico» [13] deixaram de ser escritas. Sobram, contudo, múltiplos motivos de interesse para o leitor [14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 30].

Boas leituras!

Categorias
Editorial

Uma semana de contratempos

Por Renata Aguiar

Esta semana, por motivos de saúde, o Carlos [1, 2] não pode brindar-nos com a sua «Vista(s) do Banco» [2], que hoje teria a sua publicação quinzenal na «Rua…» [3] — nem tão pouco com a sua colaboração no «Consultório…» [1].

Por seu turno, por razões técnicas — e porque, como costuma dizer-se, um mal nunca vem só [4] — não será possível publicar, esta semana, a crónica semanal do Gustavo [1, 5, 6, 7, 8, 9] no «Consultório…» [1].

Esperamos que a «Rua…» [3] possa retomar o seu calendário habitual com a maior brevidade.

Categorias
Editorial

Bom trabalho!

Por Gustavo Martins-Coelho

Por motivos profissionais, o Hugo vê-se impossibilitado de publicar o artigo de hoje na sua coluna habitual [1], bem como o da próxima quinzena, embora mantenha a sua colaboração no «Consultório…» [2].

O Docendo discimus regressa no dia 16 de Fevereiro.

Categorias
Editorial

Por motivos técnicos…

Por Gustavo Martins-Coelho

Uma das desculpas mais frequentes para a interferência da incompetência, da preguiça, da falta de pontualidade e doutros motivos que tais na boa execução das coisas são os motivos técnicos.

Todavia, desta vez, é verdade: por motivos técnicos, não nos é possível publicar hoje o artigo do Satoshi, na sua coluna habitual [1]. Pela mesma razão, não é possível antever quando será retomada a publicação.

Aos leitores, pedimos as nossas desculpas e asseguramos que tudo faremos para que a publicação seja retomada tão brevemente quanto possível.

Categorias
Editorial

Mudança no calendário semanal

Por Renata Aguiar

Doravante, o «Consultório…» [1] terá um novo calendário. Assim, as crónicas assinadas pelo Carlos [1, 2] passarão a acompanhar a periodicidade semanal da sua divulgação na Rádio Voz da Ria [3] e serão publicadas à Quinta-feira; as do Gustavo [1, 2, 4, 5, 6, 7] manterão o seu lugar à Sexta-feira; e as crónicas do Hugo [1, 8] irão ser publicadas ao Sábado.

Categorias
Editorial

Ano novo, mais viagens e menos palavras soltas

Por Hugo Pinto de Abreu

Ano novo, periodicidade nova nas colunas [1] da «Rua da Constituição». A partir de hoje, a coluna «Viagens do Guê» [2] passa duma frequência mensal para quinzenal; e, para acomodar esta mudança, a coluna «Dias Passados» [3] passa também a ter periodicidade quinzenal.

Dá-se também uma mudança de horário: a coluna «Só Visto» [4] passa a ser publicada Domingo à tarde (em vez de ser de manhã); sendo que a coluna «Viagens do Guê» [2] passará, na sua periodicidade própria, a ocupar esse espaço matutino.

Um excelente 2015 a todos os leitores!

Categorias
Editorial

Mudança de colunista

Por Renata Aguiar

Hoje (e na próxima Segunda-feira) o «Consultório…» [1] é, ao contrário do que é costume, assinado pelo Carlos [1, 2], dado que, por ser feriado, o Hugo [1, 3] não difundiu a sua crónica habitual na Rádio Voz da Ria [4].

O Hugo estará de volta no dia onze de Janeiro.

Categorias
Editorial

Um ano depois

Por Sara Teotónio Dinis

Foi há um ano [1] que a coluna «Olho clínico» [2] começou a marcar a sua presença semanal aqui na «Rua…» [3]. Tem sido um desafio e um privilégio continuar a fazer parte desta equipa, motivada na missão e apaixonada pela sua arte!

Somos dez pessoas [4], com origens, percursos de vida, angústias e ambições díspares; representamos dez ofícios, rotinas e trabalhos diferentes; mas todos exprimimos as nossas experiências, paixões ou desilusões aqui, fiéis a nós mesmos, num ambiente de respeito e de confiança incríveis e extraordinários!

O «Olho clínico» assume-se como uma visão simples e singela do pequeno mundo médico onde se movimenta e já teve oportunidades para crescer, graças à atenção e à participação de quem o lê — agradeço a todos pela presença assídua ao longo dos seus primeiros cinquenta passos e, sobretudo, pelos comentários e pelas críticas construtivas.

Vesti a bata, e assim prossigo.

Categorias
Editorial

Os quatro passam a três

Por Gustavo Martins-Coelho

Como saberá o leitor, a coluna «Consultório da Ria» [1] resulta da publicação, na «Rua da Constituição» [2], das crónicas difundidas na Rádio Voz da Ria [3], em Estarreja, sendo quatro os cronistas residentes: o Carlos [4], eu mesmo [4], o Hugo [4] e a Bárbara Pereira.

Ora, as crónicas da Bárbara têm como tónica uma semelhança demasiada com outros textos, científicos, jornalísticos e doutros tipos, existentes na Internet, pelo que os editores [5] da «Rua da Constituição» [2] decidiram, por unanimidade, suspender a colaboração da Bárbara no «Consultório da Ria» [1] e retractar todas as crónicas já publicadas.

Disso mesmo me incumbe dar conhecimento, por este meio, aos leitores, endereçando um pedido de desculpas pelo sucedido. Resta prometer um esforço acrescido, da parte de todos os editores e dos colunistas, no sentido de garantir que uma tal situação não se repetirá, para que a «Rua da Constituição» [2] possa continuar a merecer o apreço dos seus leitores.