Categorias
O Muro das Lamentações

Os meus dez minutos de fama

Reza a lenda que Andy Warhol disse, na década de 1960, que «um dia, todos terão direito a 15 minutos de fama». Eu não cheguei aos quinze minutos; fiquei-me pelos dez, na entrevista que dei ao Jornal da Meia-Noite, emitido (quem diria) à meia-noite do dia 2 de Abril de 2020. O tema foi a […]

Categorias
O Muro das Lamentações

Eu ia falar da greve dos motoristas de matérias perigosas, mas desisti, tal é a estupidez

Por Gustavo Martins-Coelho Eu ia falar da greve dos motoristas de matérias perigosas, mas desisti, tal é a estupidez que grassa por aí nas reacções ao problema. Começa logo pelos comentários no Facebook: «São seis da tarde e a culpa ainda não é do Cavaco?» [1]. Por acaso, até é. Por que é que as […]

Categorias
O Muro das Lamentações

Carta aberta ao primeiro-ministro

Por Gustavo Martins-Coelho O texto ora publicado faz juz ao nome da coluna [1]: trata-se duma lamentação. Mas vai além disso: identifica, numa história pessoal, um problema bicudo e generalizado do planeamento que é feito da contratação de médicos no Serviço Nacional de Saúde. Contexto: no dia seguinte à abertura do mais recente «procedimento concursal […]

Categorias
O Muro das Lamentações

Descentralização: o que é isso?

Por Gustavo Martins-Coelho Isto, hoje, vai ser curto, porque já falei abundantemente sobre o assunto [1] e porque há quem o faça exclusivamente [2], neste blogue [3]. Além do mais, é só uma indignação, que quero partilhar com o leitor, e conta-se em três penadas. No dia quatro de Julho, o Expresso noticiou que: «Projeto […]

Categorias
O Muro das Lamentações

E se reformulássemos a rede do metro do Porto?

Por Gustavo Martins-Coelho Esta greve da EMEF [1] fez-me lembrar duma proposta que elaborei em 2012, mas que nunca chegou a ver a luz do dia. Decidi torná-la pública hoje, porque, embora não a tenha revisto desde a altura em que a elaborei, penso que os pressupostos que estabeleci então, bem como grande parte dos […]

Categorias
O Muro das Lamentações

De como o feminismo me desamigou no Facebook

Por Gustavo Martins-Coelho Dentro de precisamente dez dias, decorrerá, no âmbito do III Festival Feminista do Porto [1], a tertúlia intitulada: «O lesbofeminismo como alternativa ao sistema heteropatriarcal» [2]. Obviamente, sou contra. Por uma razão simples: se o heteropatriarcado [3] é uma ditadura do homem heterossexual, o lesbofeminismo [4], por contraponto, será a ditadura da […]

Categorias
O Muro das Lamentações

Os pais, os filhos e a escola no meio

Por Ana Sofia Silva Por convite do colunista habitual, este «Muro das lamentações» [1] é, excepcionalmente, assinado pela nossa directora, Ana Sofia Silva [2]. Os Estados Partes diligenciam de forma a assegurar o reconhecimento do princípio segundo o qual ambos os pais têm uma responsabilidade comum na educação e no desenvolvimento da criança. A responsabilidade […]

Categorias
O Muro das Lamentações

O embrulho azul é quando o preconceito vem ao de cima

Por Gustavo Martins-Coelho Com o advento das notícias na internet, todas as horas são boas para publicar coisas. Vem esta reflexão a propósito da forma como pretendia abrir o meu primeiro parágrafo de hoje: O editorial de… E fui confirmar a data e o nome do autor, para dar continuidade à frase, mas descobri que […]

Categorias
O Muro das Lamentações

Os porquês

Por Gustavo Martins-Coelho Na Terça-feira passada, não pude ir à minha aula de dança [1]. Porquê? Porque o meu par não pôde ir à aula comigo. Porquê? Porque estava cheia de dores na perna esquerda, que lhe tolhiam os movimentos — e a dança baseia-se no movimento! Por que se baseia a dança no movimento? […]

Categorias
O Muro das Lamentações

Na semana em que o tribunal diz que se pode bater na mulher adúltera…

A Ellen DeGeneres publica isto: Não vou defender o juiz Neto de Moura. Nem atacá-lo. Vou simplesmente assumir que não li o acórdão e referir que, a mesma frase, num ou noutro contexto, pode adquirir significados diversos. Considero que já explanei e exemplifiquei esta tese suficientemente no passado, a propósito do caso do lixeiro bêbado […]