Categorias
Mil Palavras

Ex-políticos: uma mais-valia para as empresas?

Por Gustavo Martins-Coelho

Ex-políticos nas empresas do PSI-20

No eixo das abcissas, encontram-se os nomes das vinte empresas que integravam, em 2013, o índice PSI-20 da Euronext Lisboa.

No eixo das ordenadas, encontra-se o número de membros dos seus órgãos sociais que exerceram cargos políticos anteriormente. A barra laranja representa os antigos detentores de cargos políticos (independentemente de serem ou não militantes partidários) eleitos ou nomeados pelo PSD, a barra azul os eleitos ou nomeados pelo CDS-PP, a barra cor-de-rosa os eleitos ou nomeados pelo PS.

Artur Santos Silva, presidente do BPI [1], foi nomeado para o VI Governo Provisório durante o período em que militou no PPD [2, 3], pelo que foi incluído na barra laranja.

António Monteiro, presidente do BCP [1], é referido na Wikipédia como partidariamente «independente» e integrou um governo de coligação entre o PSD e o CDS-PP [4, 5]. Júlio Castro Caldas, presidente da mesa da Assembleia Geral da Zon Multimédia [1], foi deputado à Assembleia da República pelo PSD e ministro da Defesa Nacional dum governo do PS [6]. Por estes motivos, optou-se por, excepcionalmente, incluir estes dois elementos numa categoria própria («independentes»), representada por uma barra cinzenta.

Das vinte empresas que constituíam o PSI-20 em 2013, apenas quatro não integravam qualquer ex-político nos seus órgãos sociais, nesse ano. As restantes dezasseis empresas atribuíram 31 cargos a elementos que exerceram funções políticas na área do PSD, 22 na do PS, 5 na do CDS-PP e dois «independentes». Assim sendo, o PSD estava «representado» em 13 empresas do PSI-20 em 2013, o PS em 10 e o CDS em 4.

Os dados utilizados na construção deste gráfico provêm: do livro «Os Privilegiados», de Gustavo Sampaio [1]; do portal do Governo [2]; da página do Instituto Português da Qualidade [3]; da Wikipédia [4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 30, 31, 32, 33, 34]; da página do Grupo Parlamentar do PSD Madeira [35]; da página da Gesventure, SA [36]; e da página do BCP [37, 38].

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *